Sejam bem vindos ao After Brasil | A sua primeira , maior e melhor fonte sobre os livros da escritora Anna Todd no Brasil

Editora Paralela, publica "Nothing More" no Brasil, por favor! #PublicaNMParalela
A equipe do After Brasil com o apoio dos Afternators brasileiros, a partir desta petição, pedimos formalmente que a Editora Paralela, responsável pelos livros da autora americana Anna Todd no Brasil (com ênfase na série After), que publique a duologia spin-off do personagem Landon Gibson; sendo o primeiro livro chamado de "Nothing More" e o seguinte "Nothing Less" nos Estados Unidos. Em tradução livre, o nome dos livros em nosso país seriam "Nada Mais" e "Nada Menos". (...)
Anna Renee Todd (nascida em 21 de Março de 1989) é uma autora americana conhecida por sua série de livros AFTER, que teve o seu início como uma fanfiction da One Direction, publicada no site de compartilhamento de histórias Wattpad. (...)
Susan McMartin fala sobre AFTER Movie para o blog Nosy Girls!
08 September 2016
Susan McMartin fala sobre AFTER Movie para o blog Nosy Girls!
postado por Grazy Lopes

Transformar um romance amado por mais de um bilhão de corações pulsantes de fãs de todo o mundo em um filme, não é tarefa fácil. Felizmente, os Afternators tem Susan McMartin, a roteirista de talento que com certeza, fará com que todas as belas palavras partilhadas entre Hessa signifiquem algo na tela.

Para todos que aceitaram After em seus corações e passaram pelo mesmo trauma emocional como Tessa e Hardin, esta entrevista com Susan McMartin, vai trazer de volta todos os sentimentos Hessa!

Mãe solteira, McMartin, explica as muitas lutas que ela teve que suportar, o que em última análise, a preparou para a oportunidade de escrever o roteiro de After. Tendo lutado muitas batalhas, McMartin estava mais do que pronta para lidar com a intensidade de escrever uma história de amor traumática entre duas pessoas totalmente opostas.

Curiosamente, ficamos sabendo que McMartin teve seu próprio Hardin – um bad boy notavelmente similar – em sua vida. Isso só faz Tessa muito mais compreensível, permitindo o roteiro ser tão realista em transmitir a história do amor enlouquecedor, isto é, Tessa Young e Hardin Scott.

McMartin se apaixonou por After- todos nós – e gostou de discutir as razões que Daniel Sharman é o melhor Hardin Scott, seu estilo de escrita pessoal, alguns dos maiores momentos do livro, e muito mais.

Todo mundo tem uma imagem em sua mente de como exatamente o filme vai ser, mas ver a adaptação de McMartin do comportamento vulgar de Hardin e a inocência de Tessa ganharem vida na tela grande, será um feito monumental para os fãs de After em todo o globo.

1. Ao começar a escrever um novo roteiro, você tem uma estratégia para entrar nele, ou você simplesmente começa a escrever?

Quando estou escrevendo algo original, eu gasto muito tempo pensando sobre isso antes mesmo de eu sentar e escrever. Eu penso sobre o que é que eu quero dizer, quem são os personagens, eu penso muito. Eu costumo caminhar bastante, bem, então na hora que eu sento para escrever, eu já fiz um monte de escrita na minha cabeça.

Quando estou escrevendo para After, eu absolutamente uso um esboço, há todo um processo para a experiência, mas quando eu estou escrevendo algo original, como o Mr. Church, eu não usei um esboço. Eu sabia que queria escrever uma história sobre essa amizade na minha vida. Eu sabia o que eu queria que o público sentisse, por isso todos os dias, quando eu sentava para escrever, eu apenas deixava os personagens me orientar, o que não funciona para todos.

Então, muitas pessoas seguem um processo rigoroso. Eles vão escrevendo um esboço, e pré-rascunhos. No momento em que eles começam realmente a trabalhar no roteiro, eles mapeam cada detalhe. Eu não gosto de fazer isso. Eu gosto de ser surpreendida e ver onde a história quer me levar.

2. Que gênero você acha mais fácil de escrever, para você pessoalmente?
 
Na televisão, eu fiz a minha vida fazendo muito mais comédia, com ‘Two and a Half Men”, e “Mom”, mas no meu coração e quando estou escrevendo para mim mesma, eu gosto mais de drama.

Eu sinto que os meus dramas sempre têm humor neles, porque eu acho que na minha própria vida, eu usei humor para conseguir passar por alguns dos meus momentos mais sombrios. Gosto de histórias baseadas em personagens reais, histórias que não são focadas muito em ação, mas mais histórias emocionais.

3. Quando você estava escrevendo o roteiro de After, qual personagem foi mais fácil para você escrever?

Eu acho que a Tessa. O cara que eu era obcecada é tão parecido com o Hardin, que eu gosto de escrever ele, porque eu realmente entendi aquela luta, de um cara que se apaixonou, mas não se permitirá realmente se apaixonar, e depois, também tem esse segredo horrível.

Mas, eu acho que a Tessa, porque eu posso me identificar com ela. Experimentando a liberdade pela primeira vez, estar longe de sua mãe, e seu despertar. Seu despertar em todos os sentidos, e depois se apaixonar. Eu os amo muito e eu a amo. Eu amo que ela é forte e ela é inteligente, e ela está apaixonada, mas ela não é uma idiota. Ela não é fraca e eu realmente adoro isso nela.

4. Uma vez se juntando à equipe de After, você se surpreendeu com a enorme fã-base que já existia?

Sim, eu não tinha ideia! Eu realmente não tinha mergulhado meus pés no mundo da mídia social, porque além da minha coluna no meu site, eu realmente não tinha tweetado ainda, ou qualquer dessas coisas. Então, quando eu li o livro e eu vi a quantidade de seguidores que ele tinha, eu estava fascinada.

É tão engraçado porque eu estava lendo tudo dos fãs e um dia, eu decidi postar um vídeo para me apresentar. Esses fãs apoiam tanto Anna e este livro e eu quero que eles sintam que podem confiar em mim com esse projeto. Então, eu postei um vídeo no Facebook e foi a melhor coisa que eu fiz, porque imediatamente eles tiveram uma conexão comigo também. Fiquei tão comovida pela demonstração de amor, e é tudo por causa de Anna Todd. Eu sou como a sua irmã postiça! [Risos] Eu herdei sua família.

Eu estava tão comovida com o entusiasmo e o carinho em todos os lugares ao redor do mundo. É simplesmente incrível. Isso mostra que boa história de amor não tem nenhuma barreira de línguas. Ele nos une. Então, agora eu amo fazer esses posts. Então, uma vez que o roteiro foi entregue, não havia mais muitas atualizações para fazer e eu me senti mal, mas de vez em quando eu tento fazer um vídeo e deixar os fãs saberem que tudo ainda está acontecendo.

Quando Anna e eu estamos juntas, é engraçado porque nós duas estamos em nossos telefones e estamos rindo. Ela é tão incrível, porque ela é tão boa em ficar conectada com as pessoas 24/7. Eu nem sei como ela faz isso.

5. Qual é sua parte favorita no livro After?

Eu tenho tantas. Eu amo a cena do lago, a primeira vez que eles vão lá. É tão romântico e também é tão real, a maneira que a Anna escreve a Tessa ter seu primeiro orgasmo, apenas sendo tocada por um rapaz. Fez-me lembrar aqueles sentimentos que eu tinha e eu acho que Anna escreveu de uma maneira tão bonita e honesta e sexy, mas também inocente.

Eu também adoro o casamento quando dançam juntos. Há tantas cenas que eu realmente, realmente amo. Na verdade, eu adoro quando eles estão na sala de aula e Tessa e Hardin estão brigando. Eles estão falando sobre literatura, mas na realidade eles estão falando sobre si mesmos. Eu amo tudo isso.

6. Existe mais pressão em escrever o roteiro de um livro que tem sido tão admirado por fãs em todo o mundo?

Sim, havia muita pressão. E não de fora, eu colocava tudo em mim mesma. Houve momentos em que eu recebia uma nota do estúdio, da Paramount, no roteiro, e eu queria brigar contra eles. Eu diria “Vocês não entendem.” Eu quero ser fiel a esses fãs. Eu era protetora dos fãs e sua própria lealdade para com a história, é por isso que o roteiro é tão parecido com o livro. Você não vai assistir a este filme, e ficar tipo, “Uau, isso não é nada como o livro.” Eu fui ferozmente leal ao livro.

Eu sei que se eu me apaixonar por um livro e então eu ver o filme, e ele não representar o livro ou mudar muito, eu ficaria tão desolada e decepcionada. Eu nunca iria querer fazer isso com os fãs ou com a Anna. Por que eu iria mudar se é uma história tão boa? Por que tentar transformá-la em algo mais?

Eu coloquei muita pressão sobre mim mesma. É por isso que o primeiro rascunho demorou tanto tempo, porque eu estava lutando com o que cortar. Eventualmente, eu tive que cortar coisas. Eu tive realmente que escolher e ter o cuidado de não tirar algo que os fãs realmente amam.

O maior elogio foi, Anna Todd lê-lo e ficar tão feliz. Se ela está feliz, então os fãs ficarão felizes, porque ela era muito vocal. Ela dizia “Faça isso! Você tem que colocar isso!” Ela é tão protetora dos fãs, bem, então eu adoro isso. Eu não quero ser essa pessoa que eles vão falar, “Oh meu Deus, Susan McMartin nos ferrou! “[Risos]

7. Quais são as principais qualidades que Daniel Sharman tem, que você acha que poderia realmente trazer o melhor de Hardin Scott?

Meu Deus. Bem, obviamente ele é super sexy e super misterioso. Ele tem essa qualidade, onde ele pode ir de, um olhar suave e vulnerável a ser realmente duro e fechado. Ele tem essa capacidade. Em pessoa, ele é muito carismático, muito sexy. Como quando eu o conheci, meus joelhos tremiam, eu estava tipo, oh meu Deus. Ele é um sonho, e você quer conhecê-lo.

Ele também é realmente um ótimo ator. Anna Todd e eu, o vimos fazer uma peça e nós estávamos admiradas. Anna o conhece muito bem, eles se tornaram muito próximos e eu estava apenas admirando-o e observando-o. Ele é um ator tão incrível. Penso que, para este filme, esse papel, você quer um ator realmente forte. Ele tem que passar por tantas emoções no filme e por tudo isso, ser portador de um segredo horrível. Você também quer que o público o ame, ter um forte ator que possui todas essas cores diferentes é realmente importante.

Ele ama o projeto também, o que é importante. Você quer ter um ator que leu o livro e o entende e pode dizer “Oh, eu entendo totalmente  este personagem.” Então, eu acho que ele vai ser incrível, e ele é super doce em pessoa. Muito humilde, e é realmente um grande cara.

Eu acho que ele é perfeito. Quando After for feito, eu acho que todos nós estamos esperando que seja com o Daniel – ele é quem todos nós queremos e eu não posso imaginar qualquer outra pessoa como Hardin! Todo mundo está na mesma página.


Muito obrigada ao pessoal do blog nosygirlss por nos convidar a traduzir essa entrevista.

Sigam eles no instagram clicando aqui

arquivado em: