Sejam bem vindos ao After Brasil | A sua primeira , maior e melhor fonte sobre os livros da escritora Anna Todd no Brasil
BuzzFeed News traz novas atualizações sobre o caso de assédio à Anna na Alemanha
POSTADO POR Douglas Vasquez EM 15.Oct ARQUIVADO EM:Anna Todd

A autora americana bestseller, Anna Todd, cancelou sua participação na Feira de Livros de Frankfurt após ter sido verbalmente assediada por um grupo de homens. O incidente aconteceu na noite de sexta no Marriott Hotel, em Frankfurt am Main.

“Eles nos chamaram de americanas estúpidas, repulsivas. Disseram que ninguém queria foder a gente. Ninguém quer nos tocar”, Todd conta ao BuzzFeed. Vídeos estão disponíveis na internet e confirmam isso.

Todd e suas acompanhantes pediram repetidamente para que os homens fossem embora. “Não importa se foi físico ou não. Aconteceu por horas a fio e foi traumático”, contou.

De acordo com Todd, um dos homens sentou-se em sua mesa, onde la, sua agente e assistentes pediram para que ele fosse sentar-se em outro lugar.

Alegações contra o Marriott Hotel

A equipe do bar e a segurança do hotel deu um pequeno aviso aos homens após os primeiros insultos, mas então garantiram novamente acesso ao bar e os serviram álcool. Então, de acordo com Todd, aconteceram novos insultos e o assédio. Apenas após vários pedidos da parte delas, o bar chamou a polícia.

Não está claro se o grupo de homens estavam hospedados no hotel. Segundo Todd, um dos homens estava com um cartão-chave do Marriott. O outro desapareceu depois em um dos elevadores.

Um empregado do Marriott disse ao BuzzFeed News ao telefone no sábado à tarde que ele foi instruído a não dar nenhuma informação sobre o incidente, pois o departamento de assessoria estaria de volta ao trabalho na segunda-feira pela manhã.

O gerente do hotel, Hansjörg Hefel, respondeu a outro pedido de comentário na segunda: “É nossa maior prioridade que os nossos clientes estejam confortáveis e seguros em nossa casa. Nós levamos muito a sério a responsabilidade e a tarefa.” Para proteger a privacidade dos visitantes, não poderão mais haver novas declarações sobre o caso.

Autora alega que foi forçada a deletar os vídeos

Anna Todd disse em uma conversa com o BuzzFeed News no Sábado que ela se sente de mãos atadas. O motivo pra isso é que a polícia a forçou a deletar a prova em vídeo de sua conta no Twitter.

Todd gravou vários vídeos durante o acontecimento e estão disponíveis no BuzzFeed News. De acordo com ela, foi oferecido a polícia assim que chegaram ao local como evidência. Os oficiais não quiseram assisti-los. Ao invés, eles pediram que se ela havia postado em suas redes sociais, que ela os deletasse.

Presumivelmente, o pedido se refere ao fato do Artigo de Direitos Autorais da Alemanha, que diz, “retratos podem ser distribuídos publicamente apenas com o consenso da pessoa retratada”. Todd também afirma que os oficias disseram que tirariam o celular dela se ela não deletasse os vídeos das redes sociais. A autora o fez, mas postou outro vídeo no Twitter onde não parecem os rostos dos homens.

Assista o vídeo dos homens insultando Todd na área do Marriott Hotel:

Após o incidente, Anna Todd declarou que não poderia mais participar da feira. O anúncio foi feito por sua agência Book Case e a editora alemã, Heyne-Verlag.

Anna Todd também comentou no Twitter: “Me perdoem por não participar da feira em Frankfurt, mas estes homens continuam sem identificação e não foram removidos do evento.”

A polícia de Frankfurt confirmou o incidente e escreveu um comunicado à imprensa: “Os oficiais foram chamados às 4 da manhã, pois havia acontecido uma disputa verbal entre dois grupos. Quando os policiais chegaram ao hotel, apenas um dos grupos foi encontrado. A americana de 29 anos reportou o contexto como um assédio. A polícia iniciou uma investigação neste sentido, com as motivações de insulto.”

Todd conta ao BuzzFeed News, no entanto, que um dos homens continuou a assediá-la quando a polícia já estava no lobby do hotel. “Às 5 da manhã, eu chorei e liguei para o meu marido. Um dos homens veio até a mim com a lanterna acesa no meu rosto (com seu telefone).” A polícia e a equipe do hotel disse a ela que ele apenas estava procurando por um anel nos arbustos. Inacreditável, Todd pensa.

“Machuca a minha carreira”

Anna Todd ainda tem mais uma semana na Alemanha, mesmo que ela queira apenas ir para casa. “Isso machuca a minha carreira”, diz a autora ao BuzzFeed News. Ela pensa no incidente todos os dias desde então.

“Eu me sinto horrível porque eu tive que desapontar várias pessoas. Também penso nos negócios, foi uma perda pra mim. Eu vim dos Estados Unidos até aqui, vendi muitos livros. Tudo porque o hotel não fez nada”.

Do Marriott, ela espera que o hotel reaja decisivamente na próxima vez que uma mulher for molestada. “A equipe de segurança deve expulsar homens como esses”.

Ela gostaria de dar continuidade no caso, tentando identificar a função e o nome dos homens, conta Todd. “Eles mexeram com a americana louca apoiadora do MeTodd errada”.

A assessoria de imprensa da Feira de Livros de Frankfurt disse ao BuzzFeed News ao telefone: “Estamos muito tristes que isso tenha acontecido. Nós nos arrependemos muito.” Anna Todd ainda não foi contatada, mas reuniões futuras com o hotel e sua editora estão sendo planejadas para entenderem melhor a situação.

Heyne Verlag, que publica Anna Todd na Alemanha, não quis comentar. “Anna Todd comentou pessoalmente em seu portal a respeito do processo, que representa o nosso lado, não há necessidade de acrescentar mais nada”, foi a resposta ao BuzzFeed News.

12/05/2018: Encontro de Afternators @ Saraiva Center Norte, São Paulo
05/12/2018: Encontro de Afternators @ Livraria Leitura, Campinas – SP
20/04/2018: Wicked Book Weekend @ Flórida, EUA
24/04/2018: FILBo @ Bogotá, Colombia
25/04/2018: FILBo @ Bogotá, Colombia
05/08/2018: 25ª Bienal Internacional do Livro de SP @ SÃO PAULO, BRASIL
LAYOUT POR : MELISSA S. & GABRIELA G. • SOME RIGHTS RESERVED AFTER BRASIL • HOSTED: FLAUNT.NU
COM