Sejam bem vindos ao After Brasil | A sua primeira , maior e melhor fonte sobre os livros da escritora Anna Todd no Brasil

Editora Paralela, publica "Nothing More" no Brasil, por favor! #PublicaNMParalela
A equipe do After Brasil com o apoio dos Afternators brasileiros, a partir desta petição, pedimos formalmente que a Editora Paralela, responsável pelos livros da autora americana Anna Todd no Brasil (com ênfase na série After), que publique a duologia spin-off do personagem Landon Gibson; sendo o primeiro livro chamado de "Nothing More" e o seguinte "Nothing Less" nos Estados Unidos. Em tradução livre, o nome dos livros em nosso país seriam "Nada Mais" e "Nada Menos". (...)
Anna Renee Todd (nascida em 21 de Março de 1989) é uma autora americana conhecida por sua série de livros AFTER, que teve o seu início como uma fanfiction da One Direction, publicada no site de compartilhamento de histórias Wattpad. (...)

Arquivo de 'Entrevistas'



EXCLUSIVO: Entrevista com Susan McMartin
17 January 2016
EXCLUSIVO: Entrevista com Susan McMartin
postado por Grazy Lopes

Nós do After Brasil tivemos a oportunidade de entrevistar a roteirista do AFTER MOVIE, Susan McMartin, em Julho de 2015. E estamos compartilhando novamente com vocês, para quem perdeu. 🙂

AB: Você teve que ler os quatro livros antes de escrever o script ou você leu apenas o primeiro?

S: Quando eu fui contratada para escrever o roteiro eu só tinha lido o AFTER. Quando comecei a trabalhar no esboço, e conversando com Anna Todd, eu percebi que era importante para mim saber as histórias de todos os 4 livros. A jornada desses personagens e os segredos, o desenvolvimento do roteiro são mais bem escritos se eu entender onde tudo isso termina. No entanto, para escrever AFTER eu estou focando apenas no primeiro livro e sua história.

AB: Foi / está sendo um desafio para você adaptar um livro tão reivindicado pelos fãs?

S: O livro After tem uma enorme base de fãs por isso é importante para mim ser tão fiel ao livro quanto possível na minha adaptação. Anna tem escrito uma história tão grande! Eu não conseguia deixar o livro uma vez que eu peguei. Há coisas que são diferentes em contar uma história em forma de um livro e escrever um roteiro e é importante para mim trazer o que eu sei para a mesa. Então, é um equilíbrio. Eu quero que este filme deixe os fãs felizes assim como o livro tem, claramente, por isso a minha esperança e objetivo é traduzir isso da melhor maneira possível no meu script.

AB: Escrever um roteiro para um filme é diferente de escrever-lo para um programa de TV?

S: Filmes e TV são muito diferentes. Ao escrever para o programa de televisão MOM é um processo extremamente colaborativo. A equipe de escritores em uma sala, notícias de última hora e contornos, criação de scripts – tudo como uma equipe. Para um filme é muito mais solitário. É só eu e meu laptop. Na televisão, há também a gratificação imediata de ver os roteiros ganhando vida a cada semana. No filme … bem,  pode ser um processo muito mais longo. Por exemplo, o meu filme Henry Joseph Church estrelado por Eddie Murphy levou 10 anos antes de finalmente ficar pronto (nos cinemas esta outono). Eu escrevi quando minha filha tinha três anos! Eu amo escrever. Para mim, a televisão tende a trazer para fora o meu lado mais cômico onde no filme eu tenho que ir para o dramático.

AB: O que devemos esperar e o que devemos definitivamente esquecer nas adaptações do filme AFTER?

S: Você pode esperar ao ver o filme After a história de amor entre Tessa e Hardin que nos cativou. 😉

AB: E a escolha do elenco é de quem?

S: Elenco vem quando um diretor está a bordo. O elenco é decidido pelo diretor e os produtores.

AB: O que te fez aceitar o projeto de escrita do roteiro de AFTER?

S: Meus agentes me enviaram o livro para ler quando eu estava em hiatos da série MOM. Porque eu escrevo cinema e televisão e eu tenho oportunidades de emprego para ambos. Isso não poderia ter vindo em um momento melhor, porque eu realmente tenho vontade de escrever uma história de amor.

AB: A autora, Anna Todd, também participa da criação do script?

S: A opinião da Anna é extremamente importante. Eu não me encontrei com a Anna ainda, mas eu falei com ela ao telefone sobre o livro e os meus pensamentos para o roteiro. Eu realmente não posso entrar em detalhes sobre o roteiro, porém eu posso contar que a minha lealdade com a história de Anna e os fãs é enorme.

AF: Quais são as suas opiniões para o papel de Hardin?

S: Opiniões para o papel de Hardin … hm … Eu estou gostando de ver o que os fãs estão postando!

Obrigado Susan, nós estamos ansiosos por mais notícias do filme. Nós já sabemos que o roteiro está em ótimas mãos. All the love, After Brasil.

S: Muito obrigado, não só por me fazer perguntas, mas seu amor feroz e paixão por After. O filme é para todos vocês. Sinto-me honrada e lisonjeada por ser parte do mundo de AFTER!
Amor, Susan

arquivado em:
Entrevista para o Vilma’s Book Blog traduzida!
14 January 2016
Entrevista para o Vilma’s Book Blog traduzida!
postado por Douglas Vasquez

Traduzimos a entrevista que a Anna deu á sua amiga Vilma para o seu blog literário, quando BEFORE estava para ser lançado! Confiram a seguir, ela fala sobre Hardin, tradições de natal e o novo álbum da One Direction.


V: Oi Anna!!! Já faz um tempo que eu a entrevistei em meu pequeno escritório em casa! As coisas já estavam bem malucas e eu sei que ficaram ainda mais – em um bom sentido – desde então!

A: Olá mocinha! Já faz um tempo. É maluco pensar que a nossa pequena entrevista já faz um ano! As coisas estão malucas, mas estou amando cada momento!

V: Então vamos falar sobre o seu lançamento super animador! Como surgiu a ideia de BEFORE? E quando a ideia começou a aparecer?

A: A ideia veio há um bom tempo atrás, na verdade. Eu comecei a escrever isso antes mesmo de ter um contrato com a editora. Eu havia prometido meus leitores do Wattpad que os mostraria o que o Hardin estava sentindo no começo. Eles queriam tanto ler seus pensamentos do primeiro livro, então eu os disse que eu os daria assim que terminasse os outros livros. Eu escrevi o primeiro capítulo há um ano e meio atrás, mas então eu fui ficando cada vez mais ocupada, levou um tempo haha!

V: Quais eram suas preocupações e objetivos enquanto escrevia? Eu sei que escrever o mesmo livro com diferente ponto de vista nunca é simples quanto parece, especialmente considerando o intenso e turbulento emocional de Hardin…

A: Minha preocupação principal era não amolece-lo demais no começo. Com o tempo em que eu realmente imergi na escrita deste livro, eu já havia o escrito crescer através dos outros livros. Meu garoto pequeno e quebrado era agora um homem doce e responsável, então foi estranho voltar a como ele costumava pensar e eu não queria amolecer aquilo pelo bem do “romance”. Existe uma linha tênue e Hardin não se intimida perto dela.

V: Existe muito do que veremos de Hardin antes dele conhecer Tessa, assim como conteúdo durante sua aproximação tempestuosa. Alguma coisa que você pode compartilhar conosco?

A: Hmm, você poderá ver como Hardin sentiu-se ao conhece-la pela primeira vez, como ele navegou por seus sentimentos crescentes e sua tormenta interna sobre o que fazer com esses sentimentos. Há também alguns trechos de outros amados personagens 😉

V: O que você espera que seus leitores levem consigo após lerem BEFORE?

A: Eu espero que eles sintam-se mais próximos de Hessa e que eles entendam como Hardin chegou a ser, bem… Hardin.

V: Você está sempre ocupada, entre diversos projetos, alguma coisa que você possa compartilhar conosco em termos do que há por vir?

A: Não tão ocupada quanto você! Eu deveria perguntar a você esta pergunta. Posso dizer que estou terminando dois livros sobre o Landon, de After, mas eles serão considerados separados da série. Você não precisa ler After para ler “Nothing More” ou “Nothing Less” em 2016.

V: Okay, miga. Vamos mudar o assunto para o filme!!!

A: Estou tão animada para o filme. Não parecia real por um tempo, mas agora que o roteiro está “terminado” e eu me encontrei com a Paramount outra vez, finalmente caiu a ficha. Também ajudou encontrar o Hardin perfeito e ele me deixou ainda mais animada para o filme [ELA TÁ FALANDO DO DANIEL PORRAAAAA] 😉

V: Então… perguntão! O álbum do One Direction, “Made In The A.M.” saiu mês passado! Quais seus pensamentos até agora? Alguma música favorita?

A: Eu amo pra caramba! No começo eu tenho certeza que eu estava confusa e havia colocado Flatwood Mac pra tocar. É maravilhoso e eu estou orgulhosa deles. Minha música favorita é Wolves.

V: Os feriados já estão chegando… algum plano divertido ou tradição durante o Natal? (Além de sair com as amigas… *cof*)

A: haha. Apenas passar um tempo com as amigas, *bate os cílios pra você* e eu estou indo buscar uma árvore de Natal esta semana. Eu perdi a minha. Literalmente perdemos a nossa e não conseguimos encontra-la hah. Eu também tenho que escrever muitos livros e outras coisas divertidas.

V: Muito obrigada por falar comigo e meus leitores! Nós estamos ansiosos para a data do lançamento!!!

A: Amo você! Beijos!

arquivado em: